quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Qual a diferença entre furacão, tornados, tufões e ciclones?

Sempre que observamos manchetes de jornais e informações online sobre eventos climáticos extremos, lemos algo com os nomes descritos no título desta postagem, mas por vezes observamos confusões entre as nomenclaturas de cada um dos eventos, tornando ainda mais difícil de se compreender o que cada um deles é ou significa!

Abaixo o WebGeo preparou um guia com informações confiáveis e devidamente referenciadas:

Ciclone: 
Os ciclones são fenômenos naturais que provocam ventos com velocidade superior a 200 quilômetros por hora, além de fortes chuvas, causando grandes transtornos por onde passa. São redemoinhos atmosféricos que giram em torno de um centro de baixa pressão, atingindo as regiões equatoriais e, principalmente, as tropicais.
A formação dos ciclones ocorre sobre as águas quentes dos oceanos. O aquecimento de uma determinada superfície origina um centro de baixa pressão atmosférica, proporcionando condições favoráveis para o desenvolvimento dos ciclones.

Tornados: 
O tornado é um tipo de ciclone, ou seja, redemoinhos atmosféricos que giram em torno de um centro de baixa pressão atmosférica. Normalmente a sua formação ocorre no final da tarde, pois nesse período a atmosfera apresenta maior instabilidade.

Furacão:
Os furacões, um dos mais temidos eventos naturais, são resultantes da combinação de uma série de fatores atmosféricos e geográficos. Sempre que uma região é atingida por um fenômeno como esse, os efeitos são rapidamente sentidos, com a devastação de casas, áreas naturais e, em alguns casos, o registro de várias mortes.
Um furacão é um sistema circular de movimentação de ar, em uma velocidade superior a 105 km/h e com diâmetro de centenas de quilômetros, resultante da formação de um sistema de baixa pressão sobre regiões oceânicas.


Tufão:
Os tufões são um tipo de ciclone tropical, sendo que a sua diferença para os furacões é de que ocorrem no Pacífico Ocidental, enquanto que os furacões são os ciclones tropicais que de ocorrência no Atlântico Ocidental e no Pacífico Oriental. Quando ocorrem em outras regiões, o termo ciclone é utilizado de forma generalizada.

Quer saber mais sobre o tema? https://www.infoescola.com/meteorologia/tufao/

Ciclone em Santa Catarina, notícia de 24 de Outubro de 2018
Tornado em Criciúma, 2005

Diferença entre o furacão Irma e o Catarina.

Tufão chega ao Japão, setembro de 2018


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui...