Postagens em destaque!

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Evolução dos consoles

Os consoles são hoje a maior fonte de divertimento para grande parte da população, inclusive há grandes rivalidades entre usuários da Microsoft e da Sony, estes normalmente defendem com unhas e dentes os atributos de seus vídeo games.

Faz parte de uma cultura digital atual creditar aos games o entretenimento e conhecimento, sabe-se que através do processo de gamificação há resultados significativo de aprendizagem, sendo que boa parte dos jovens mostra grande interesse por games, seja lá qual for seu tipo.

Mas e os jogos mais antigos? E os consoles, como evoluíram tão rapidamente?

Apesar de hoje termos gráficos realistas e jogabilidade altamente interativa, este cenário nem sempre se desenhou desta maneira, houveram profundas rupturas ao longo dos tempos, e outros consoles marcaram época revolucionando com muitas cores e jogabilidade a trajetória do vídeo game pessoal.

O vídeo abaixo é coeso e mostra de maneira muito simples como esta evolução foi rápida, e como deve continuar...

Vale a pena conferir!




quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Brasil: Um país cada vez mais velho?

Sabe-se que a pirâmide etária brasileira está mudando, afinal, a expectativa de vida está se elevando a cada dia de que passa, com isso profundas modificações são propostas para o sistema previdenciário e também ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Mas o Brasil pode ser considerado um país velho?

Sim, mas ainda irá envelhecer mais! Temos uma população idosa crescente no país, explicado pelo maior acesso ao saúde, aumento da escolaridade e também das políticas de planejamento familiar, cujo sentido principal é o aumento da qualidade de vida.

Observe os gráficos abaixo:

Fica claro que a evolução na expectativa de vida no Brasil é crescente, com um incremento cada vez maior da população idosa. Preocupações surgem, pois em 2040 teremos ao menos 27% de nossa população na faixa da 3ª idade. Como o Brasil se prepara para este futuro? Vamos aguardar e ver se as previsões do IBGE se confirmam!

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Qual a diferença entre furacão, tornados, tufões e ciclones?

Sempre que observamos manchetes de jornais e informações online sobre eventos climáticos extremos, lemos algo com os nomes descritos no título desta postagem, mas por vezes observamos confusões entre as nomenclaturas de cada um dos eventos, tornando ainda mais difícil de se compreender o que cada um deles é ou significa!

Abaixo o WebGeo preparou um guia com informações confiáveis e devidamente referenciadas:

Ciclone: 
Os ciclones são fenômenos naturais que provocam ventos com velocidade superior a 200 quilômetros por hora, além de fortes chuvas, causando grandes transtornos por onde passa. São redemoinhos atmosféricos que giram em torno de um centro de baixa pressão, atingindo as regiões equatoriais e, principalmente, as tropicais.
A formação dos ciclones ocorre sobre as águas quentes dos oceanos. O aquecimento de uma determinada superfície origina um centro de baixa pressão atmosférica, proporcionando condições favoráveis para o desenvolvimento dos ciclones.

Tornados: 
O tornado é um tipo de ciclone, ou seja, redemoinhos atmosféricos que giram em torno de um centro de baixa pressão atmosférica. Normalmente a sua formação ocorre no final da tarde, pois nesse período a atmosfera apresenta maior instabilidade.

Furacão:
Os furacões, um dos mais temidos eventos naturais, são resultantes da combinação de uma série de fatores atmosféricos e geográficos. Sempre que uma região é atingida por um fenômeno como esse, os efeitos são rapidamente sentidos, com a devastação de casas, áreas naturais e, em alguns casos, o registro de várias mortes.
Um furacão é um sistema circular de movimentação de ar, em uma velocidade superior a 105 km/h e com diâmetro de centenas de quilômetros, resultante da formação de um sistema de baixa pressão sobre regiões oceânicas.


Tufão:
Os tufões são um tipo de ciclone tropical, sendo que a sua diferença para os furacões é de que ocorrem no Pacífico Ocidental, enquanto que os furacões são os ciclones tropicais que de ocorrência no Atlântico Ocidental e no Pacífico Oriental. Quando ocorrem em outras regiões, o termo ciclone é utilizado de forma generalizada.

Quer saber mais sobre o tema? https://www.infoescola.com/meteorologia/tufao/

Ciclone em Santa Catarina, notícia de 24 de Outubro de 2018
Tornado em Criciúma, 2005

Diferença entre o furacão Irma e o Catarina.

Tufão chega ao Japão, setembro de 2018


sábado, 20 de outubro de 2018

Indicação de filme: O primeiro homem

Com o objetivo de indicar algumas obras cinematográficas, o Webgeo traz uma nova tag ao site, e para a estreia o escolhido é "O primeiro homem", recém lançado e ainda em cartaz nos cinemas brasileiros. 

O filme "O primeiro homem" traz a fabulosa história de Neil Armstrong, primeiro homem a chegar na lua, não se atendo necessariamente a esta expedição de colossal sucesso, mas diretamente a vida e obra de Neil, um respeitado engenheiro da NASA.

Os testes, desafios, indagações e atmosfera envolvendo a "Guerra espacial" entre Estados Unidos e União Soviética trazem ainda mais brilhantismo a obra, já que apenas nos reportamos ao sucesso de Neil Armstrong e seus colegas, mas e sua vida pessoal? Seus anseios? Pois bem, este filme retrata a vida quase normal de um ser humano fantástico, que marcou a astronomia/astronáutica para todo o sempre.

Conheça um pouco mais do filme assistindo seu trailer! Clique e confira logo abaixo!

Quer conhecer mais detalhes técnicos sobre a obra, incluindo curiosidades? Clique no link abaixo, o "Adorocinema" já teceu bons comentários sobre a direção do longa e atuação de seus principais atores.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Somália: Um país assolado por guerras civis

A Somália é um país localizado no continente africano, mais precisamente no denominado "Chifre da África" estando em uma região bastante árida e assolada por guerras civis.

Com profundas raízes ligadas a conflitos com a Etiópia, o país demorou a se tornar independente, experimentando diversos modelos políticos com extremo insucesso, coletando com isso um fluxo migratório intenso de saída para outras nações.

Se não fosse o bastante os problemas já citados, ainda se constata dificuldades gigantescas na manutenção da ordem e do desenvolvimento humano, com uma população fragilizada por doenças como HIV e problemas humanitários como a fome e sede.

Segundo o portal infoescola:

"No início da primavera de 2011, a Somália experimentou o que alguns chamam a pior seca em 60 anos. A quebra de safra e um aumento drástico dos preços dos alimentos, juntamente com a situação de insegurança em áreas controladas pelo grupo al-Shabaab (simpatizante da Al-Qaeda) no sul e centro da Somália levou a ONU a declarar fome em seis áreas. Até o momento, 4 milhões de somalis precisam de ajuda e 750.000 correm risco de morrer. Os Estados Unidos, a ONU e agências humanitárias internacionais vêm trabalhando para abordar tanto as necessidades imediatas do povo somali. Até o momento, o estado segue desintegrado, com o governo central tendo um controle limitado sob o território."

Leia mais sobre o país em:https://www.infoescola.com/africa/somalia/

Documentário produzido pela Rede Record, ainda em 2011 retratando o papel Al-Shabab (Milícia que impede o desenvolvimento do país) e toda pobreza do país, uma sequência de vídeos extremamente interessante!







Abaixo algumas imagens recentes sobre a realidade do país, dependente direto da ONU e seus órgãos.
Resultado de imagem para somalia

Imagem relacionadaImagem relacionadaImagem relacionada

Quer saber notícias sobre a Somália? Clique nos links abaixo!










quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Tempo e clima, você sabe diferenciar?

Um dos assuntos mais populares da Geografia é o clima, mas usualmente usamos este termo de maneira vulgar, e nem nos damos conta do seu real significado, portanto nesta postagem o grande objetivo é esclarecer quando estamos falando sobre tempo e clima.

Segundo a postagem do Mundo da educação, podemos diferenciar simplificadamente da seguinte maneira:

"A diferença entre tempo e clima está, na verdade, na escala temporal que os envolve. O tempo é um estado momentâneo da atmosfera, enquanto o clima é a configuração mais permanente ou referente a um período de tempo maior. Em algumas definições, o clima é tratado como um conjunto de tempos meteorológicos ao longo de 12 anos, o que não é necessariamente uma regra."

Exemplo de quando estamos falando de tempo:

Faz muito calor agora em Porto Alegre, com ausência total de nuvens.

Já quando falamos de clima:

O aquecimento global deverá aumentar as temperaturas nas próximas décadas.

Quanto aos segmentos de estudos, relacionamos diretamente o clima à Climatologia, já quando falamos de tempo, previsões e estudos mais curtos, relacionamos à Meteorologia. 


Mapa retratando tipos de climas nacionais e correntes marítimas.
Resultado de imagem para mapa de clima

Mapa retratando uma previsão do tempo.
s.Imagem relacionada

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Indicação geográfica e suas implicações econômicas


Você sabe o que realmente significa indicação geográfica?

A primeira vista parece se referir a algum termo ou conceito referente a coordenadas geográficas, localização ou até orientação no espaço...

De certa maneira tem relação, mas não necessariamente possui um significado tão simples, segundo o SEBRAE, podemos definir um produto com indicação geográfica como:

"Caracterizado não apenas pela marca que ostentam, mas também pela indicação da sua verdadeira origem geográfica. Essa indicação lhes atribui certa reputação, valor intrínseco e identidade própria que os distinguem dos demais produtos de igual natureza disponíveis no mercado."

Ainda sobre o tema, pode-se destacar alguns fatores que valorizam ainda mais estes produtos, tais como:

"Os produtos que apresentam uma qualidade única, explorando as características naturais, tais como geográficas (solo, vegetação), meteorológicas (clima) e humanas (cultivo, tratamento, manufatura), e que indicam de onde são provenientes são bens que possuem um certificado de qualidade atestando sua origem e garantindo o controle rígido de sua qualidade."

Alguns exemplos nacionais são:

Resultado de imagem para indicação geográfica brasileira



"Alguns exemplos envolvendo produtos de notável qualidade, certificados e identificados com indicações geográficas, são os vinhos tintos da região de Bordeaux, os presuntos de Parma, os queijos Roquefort, entre outros."

Para saber mais sobre o tema, acesse os links abaixo:




domingo, 14 de outubro de 2018

O acesso a internet pelo mundo

Sabemos que atualmente a internet é parte de nossa vida, compramos, consumimos e até aprendemos por meio de informações que movimentam o planeta instantaneamente. Mas será que todas as pessoas possuem acesso diário ou frequente a rede mundial?

Segundo a coleta de informações do site Tecmundo, baseado nas pesquisas da Digital in 2018, divulgado pelos serviços online Hootsuite e We Are Social, 4 bilhões de pessoas tem acesso a internet.

Segundo o portal tecmundo:
"Falando em números específicos, começamos 2018 com 4,021 bilhões de pessoas online (53% de todas as pessoas do planeta), um aumento de 7% em relação ao ano anterior. As redes sociais são utilizadas por cerca de 3,2 bilhões de pessoas (42% de todo o mundo)."

As redes sociais são o grande alvo de acesso, observe abaixo como este acesso se dá, um destaque para o uso de dispositivos móveis, cada vez maior.
Digital in 2018

Outros infográficos abaixo trazem informações relativamente diferentes, mostrando o tempo conectado diariamente, ponto de acesso e também os países mais conectados. 

Digital in 2018
Digital in 2018

Digital in 2018

Volume de perfis do facebook!

Digital in 2018


Volume de comércio online!

Digital in 2018

Quer ter mais detalhes? Acesse a matéria do tecmundo contendo mais detalhes!
link: 


quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Água potável, um bem universal

Mesmo estando em um planeta quase todo ocupado por água, temos atualmente 1,4 bilhões de habitantes de diferentes parte do planeta sem acesso a água potável. Importante frisar que destes 97%, uma quantidade irrisória é de água doce. E para complicar mais a vida de todos meros mortais que habitam a face deste planeta, menos de 1% dela se encontra acessível e realmente potável.

O fato é que políticas públicas são instauradas em quase todas as nações do mundo visando o uso racional da água, inclusive no Brasil há programas governamentais já com atuação significativa.

No Brasil, além das campanhas de vínculo publicitário, projetos para combate ao desperdício e modernização nos ramais de ligações residenciais também já estão sendo implementados. Destaque para o aclamado projeto de construções de cisternas no nordeste brasileiro, possibilitando a chegada deste recurso a locais antes não abastecidos.

Em um panorama mundial, os continentes africano e asiático são os que mais sofrem com esta escassez, que pode abarcar ainda mais alguns bilhões, devido a problemas em reservatórios e o próprio contexto natural, com áreas de baixa precipitação e áridas.

Abaixo alguns gráficos atuais sobre esta temática, e links de programas e ações citadas no texto!

Lembre-se, apesar de sermos uma potencial mundial em termos hídricos, nada impede que façamos nossa parte diariamente!
Resultado de imagem para falta de água no mundo

Resultado de imagem para falta de água no mundo

Resultado de imagem para falta de água no mundo

Links interessantes: