quinta-feira, 12 de março de 2015

União Europeia: O principal bloco econômico mundial.

Segue um pequeno texto com uma coletânea de informações úteis para compreensão da lógica de surgimento e funcionamento da União Europeia.

A integração européia iniciou-se após a Segunda Guerra Mundial, com a necessidade de reconstruir a Europa, arruinada pelo conflito, e evitar novos confrontos entre os povos que faziam parte de uma mesma história política e geográfica.
A União Européia possui, de fato, um caráter único; os países que compõem a UE congregaram suas soberanias em algumas áreas para ganhar força e influência no mundo, as quais não poderiam obter isoladamente.
A ideia da Europa como uma unidade política e econômica tem pelo menos um século de existência. Mas foi apenas depois da assinatura do Tratado de Roma, de 1957.
Tratado de Maastricht
Criada em 1992, com a assinatura do Tratado de Maastricht, a União Européia é a sucessora da Comunidade Econômica Européia.
Acordos da União Européia
Os acordos da União Européia garantem acordo nos seguintes níveis de integração:
·         Integração econômico-comercial, cuja expressão concreta é o mercado único, ou seja, a livre circulação de bens, serviços, capitais e trabalhadores entre os Estados-membros.
·         Garantia de política externa e de segurança comum.
·         Garantia de políticas de imigração e de cooperação judiciária e policial.

A atual União Européia fundamenta-se juridicamente em quatro tratados fundadores:


§  Tratado da Comunidade Européia do Carvão e do Aço (Ceca)  A Ceca tinha como objetivo a integração das indústrias do carvão e do aço dos países europeus.

§  Tratado da Comunidade Econômica Européia (CEE) - Tinha como finalidade estabelecer um mercado comum europeu.

§  Tratado da Comunidade Européia da Energia Atômica (Euratom) - tinha como objetivo fomentar a cooperação no desenvolvimento e utilização da energia nuclear e elevação do nível de vida dos países-membros,

§  Tratado da União Européia (UE) - Reunidos na cidade de Maastricht, no sul da Holanda, em dezembro de 1991, os países-membros firmaram um novo tratado, em substituição ao de Roma, definindo os próximos passos para integração.

A integração evoluiu para a adoção de uma moeda única, o euro, criada em 1999, e para a unificação política. O euro começou a ser usado na forma de notas e moedas em 2002. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui...