Pesquise no Webgeo.net e ache tudo sobre História e Geografia!

terça-feira, 15 de setembro de 2020

INTRODUÇÃO AS CARACTERÍSTICAS GERAIS DA ÁSIA CENTRAL E ORIENTE MÉDIO

 

GEOGRAFIA – 9º ANO – INTRODUÇÃO AS CARACTERÍSTICAS GERAIS DA ÁSIA CENTRAL E ORIENTE MÉDIO

 

Orientação: Leia o material com atenção e cole em seu caderno – Não é necessário devolver na escola

Objetivo: Identificar as principais características físicas das porções centrais e do oriente médio asiático.

 

Sites confiáveis para pesquisa:

www.webgeo.net.br

https://mundoeducacao.uol.com.br/geografia/aspectos-naturais-oriente-medio.htm

https://www.todamateria.com.br/deserto-de-gobi/

 


Oriente Médio – Características físicas

 

O Oriente Médio é uma porção territorial do continente asiático. Nessa região a superfície terrestre (relevo) é constituída principalmente por planaltos, como o Planalto de Anatólia e o Planalto da Arábia. O território em questão abriga também formações montanhosas provenientes de dobramentos modernos, das quais podemos citar os montes Zagros, Elburz e Iêmen. Esses não são as únicas unidades de relevo, inclui ainda as planícies, que compreende a planície da Mesopotâmia. Esse tipo de relevo abrange restritas áreas dentro do Oriente Médio. O Iraque abriga a maior parte das planícies existentes no Oriente Médio, sendo que as mesmas ocorrem entre dois importantes rios: o Eufrates e o Tigre.

A característica climática da região é predominantemente marcada pelo clima do tipo árido e semi-árido, ou seja, com temperatura elevada e pouquíssima incidência de precipitações. Além disso, há uma enorme variação de temperatura (amplitude térmica) entre o período diurno (atinge até 50° C) e noturno (abaixo de 0°C). As regiões mais úmidas do Oriente Médio se restringem as áreas litorâneas, as quais se encontram climas mediterrâneos com verões quentes e secos e invernos frios e chuvosos.

O subcontinente do Oriente Médio é pobre em vegetação, isso devido à adversidade climática, no entanto, é possível encontrar em lugares mais secos plantas do tipo xerófilas, estepes em áreas de clima árido e nas regiões mais úmidas de característica mediterrânea são identificadas vegetações arbustivas, campos e pradarias em decorrência da influência do clima temperado.

 

Deserto de Gobi – Ásia Central

 

Deserto de Gobi é um grande planalto desértico que está localizado na porção central do continente Asiático. O termo “gobi” deriva da língua mongol que significa “local sem água”.

Principais Características

 

O Deserto de Gobi, situado no norte da China e no sul da Mongólia, ocupa uma área aproximada de 1.125.000 km2, sendo considerado o quarto maior deserto do mundo.

 

Fica atrás do deserto da Antártida (Antártida) com 14.000.000 km2, o Deserto do Saara (África) com 9.000.000 km2 e o Deserto da Arábia (Ásia) com 1.300.000 km2. Seu comprimento é de aproximadamente 1.600 km e largura de 480 a 965 km. Possui altitude média entre 800 e 1.200m. O deserto de Gobi apresenta uma vegetação escassa com presença de algumas ervas rasteiras e vegetação halófila (adaptada a terrenos salinos) que vive próxima aos locais pantanosos. Esse tipo de vegetação está adaptado ao clima que apresenta.

Elas servem de alimento para alguns animais que habitam o local, por exemplo, camelos, antílopes, cavalos, gazelas, asnos, dentre outros.

Clima

O clima do deserto de Gobi é chamado de clima desértico apresentando temperaturas extremas e baixa pluviosidade (chuvas). Já foi registrado nesse deserto uma temperatura de 40°C no verão e -47°C no inverno. Portanto, possui uma elevada amplitude térmica (diferença entre a temperatura mínima e máxima)

No entanto, a média de temperatura gira em torno de −3°C a +3°C. Embora grande parte acredite que no deserto as temperaturas sejam muito elevadas sempre, vale lembrar que por não apresentar nenhuma vegetação, elas podem atingir valores muito baixos durante a noite.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui...