Pesquise no Webgeo.net e ache tudo sobre História e Geografia!

domingo, 12 de julho de 2020

Introdução a regionalização e desenvolvimento humano do continente europeu – Material de leitura – 9º ano

Introdução a regionalização e desenvolvimento humano do continente europeu – Material de leitura – 9º ano - Não há necessidade de devolver, cole em seu caderno e use para estudar!

 Objetivo central: Identificar questões regionais e disparidade do desenvolvimento humano no território europeu.

Olá, pessoal!

Importante que os slides deixados pelo professor sejam utilizados para acompanhar a linha de raciocínio do material abaixo! Boa sorte, e lembre de deixar o material colado em seu caderno!

 

Textos base deste material: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/o-idh-dos-paises-europeus.

                                                     https://brasilescola.uol.com.br/geografia/europa-regional.htm

Europa Regional

O continente europeu não possui características homogêneas, pois as disparidades se apresentam em diversos aspectos como paisagens naturais, clima, política e cultura. O continente possui várias maneiras de ser regionalizado, uma delas é classificando em Europa Ocidental e Oriental.


Alguns estudiosos no assunto, através das análises espacial, econômica e cultural, realizam uma classificação do continente em quatro áreas distintas no qual se enquadram a Europa Ocidental, Setentrional, Centro-Oriental e Meridional.

A regionalização antes e, principalmente, depois da Segunda Guerra Mundial gerou uma fronteira abstrata, isso significa o surgimento de uma barreira ideológica entre dois grupos de países que compõem o mesmo continente, de um lado os aliados dos Estados Unidos (capitalista) e do outro lado os que apoiam a União Soviética (socialista), consolidando de vez a Europa Ocidental e Oriental.

Com o declínio da URSS, e também do socialismo, surgiram diversas repúblicas autônomas que compunham o território soviético, no entanto, a independência não garantiu uma inserção eficaz na economia de mercado provenientes da herança do sistema produtivo da economia planificada que vigorava na URSS, que não conseguiu acompanhar as outras economias.

A Europa setentrional encontra-se localizada no extremo norte do continente, essa área possui o clima mais frio de todo território europeu, os países localizados nessa parte da Europa são: Noruega, Suécia (península escandinava), Dinamarca, além das novas Repúblicas da ex-União Soviética: Letônia e Lituânia, Finlândia. Esses países têm na pesca e extração de madeira as principais atividades econômicas, essa restrição é decorrente das condições climáticas que comprometem, por exemplo, a produção agrícola.

A Europa Centro-Oriental se constitui sobre o grupo de países da ex-União Soviética que tiveram sua independência, essas  possuem culturalmente uma grande complexidade e diversidade étnico-cultural, como por exemplo, República Tcheca, Polônia e Hungria, além de Ucrânia, Geórgia e Azerbaijão.

A Europa Meridional é banhada pelo mar Mediterrâneo, localizada na Península Ibérica. Nessa região está presente Portugal, Espanha e Grécia, que durante grande parte da história foram centros de dispersão de culturas.
Portugal e Espanha foram responsáveis por desvendar os continentes da África e, principalmente, a América do Sul.

 O IDH no continente europeu

A Organização das Nações Unidas (ONU), para analisar o nível de desenvolvimento social de um país, utiliza como critério o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Esse índice consiste na média obtida através da análise de três fatores: Renda Nacional Bruta (RNB) per capita (calculado com base na paridade de poder de compra - PCC); grau de escolaridade das pessoas (média de anos de estudo da população adulta e número esperado de anos de estudos.); expectativa de vida da população (esperança de vida ao nascer). Os valores do IDH variam de 0 a 1, países ricos possuem IDH próximo a 1, nações em desenvolvimento apresentam IDH mais próximo de 0.

O continente Europeu é o que possui a maior quantidade de países entre os primeiros nas medições de Índice de Desenvolvimento Humano. Fato esse, consequência de planejamento e altos investimentos na área social durante décadas.

 Confira os países europeus com maiores e menores índices de IDH.

9- A tabela mostra os oito países com os maiores e menores IDH da ...


 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui...